A importância de ter as mãos limpas

Atualidade .
11 Março 2020

Uma das medidas mais eficazes para prevenir qualquer tipo de contágio é algo tão simples como lavar as mãos. Este gesto também serve para reduzir as chances de propagação do já conhecido coronavírus Covid-19. Mas porque é que as autoridades de saúde são tão insistentes?

 

Para além da lógica e do senso comum de higiene, existe uma explicação científica que tem a ver com o habitat de que os vírus precisam para sobreviver. Se falamos do coronavírus em particular, devemos entender que um dos elementos que o formam e o protegem é uma membrana de gordura que tem apenas um inimigo: sabão e anti-sépticos ou desinfectantes.

 

Portanto, se mantivermos as mãos limpas, os vírus, incluindo o Covid-19, não conseguirão sobreviver porque as moléculas do sabão ou desinfetante aderem à camada de gordura e destroem toda a estrutura que favorece a propagação. Esta é a explicação simples e resumida, mas, vamos por partes.

 

O coronavírus é composto por três elementos básicos: RNA ou material genético, proteínas que permitem a sua entrada nas células humanas e lipídios, que formam uma membrana de gordura, uma espécie de "revestimento em torno do vírus", explica Thordason muito graficamente num fio do Twitter, que actua "como protecção e para o ajudar a espalhar-se e a invadir células".

 

 

Porquê as mãos quando temos um corpo inteiro?

 

Porque as mãos são a forma como o vírus entra no corpo humano. O coronavírus, como outros, pode permanecer ativo por algumas horas fora do corpo, dependendo da superfície. Todos os dias, a cada minuto, a cada segundo, tocamos em todo o tipo de superfícies onde o vírus pode estar.

 

Se o tivermos nas mãos, ainda não estamos infectados porque o vírus está fora do corpo. Mas com as nossas mãos costumamos tocar a boca, nariz, olhos (estima-se que tocamos no rosto uma vez a cada 2-5 minutos), e é aí que o vírus pode entrar.

 

Thordason também adverte em seu fio que água por si só não é suficiente para "desenganchar" o vírus da pele. É necessário sabão ou um desinfectante virucida, que contém moléculas que competem com os lípidos do vírus, aderindo a toda a camada de óleo do vírus e matando-o.

 

Então, vamos limpar bem as nossas mãos e repetidamente! Seja com sabão ou com desinfetante, os passos para uma limpeza segura e perfeita são os mesmos:

Partilhar este artigo
Ao usar este website, está a aceitar a utilização de cookies para análise, conteúdo personalizado e apresentação de anúncios.