Cuidado com a gripe

Atualidade .
15 Janeiro 2020

O inverno é sempre sinônimo de frio, resfriados e gripes e este 2020 não ia ser diferente. O vírus está afetando 44,35 pessoas por 100.000 habitantes de acordo com o Boletim de Vigilância Epidemiológica da Gripe, divulgado semanalmente pelo Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA). 

 

Especialistas dizem que esta onda epidêmica vai durar cerca dois meses mais e vai aumentar, embora o nível de atividade deverá permanecer baixo. O contágio ocorre principalmente nas escolas e em crianças menores de 15 anos de idade.

 

Este grupo faz parte dos chamados “grupos prioritários” pela Direção-Geral da Saúde, e, portanto, daqueles que são aconselhados a serem vacinados. Aqui também entram:

 

  • Pessoas com idade igual ou superior a 65 anos.
  • Doentes crónicos e imunodeprimidos, com seis ou mais meses de idade.
  • Grávidas.
  • Profissionais de saúde e outros prestadores de cuidados.

 

 

Por que é importante se vacinar?

 

O objetivo de aplicar a injeção da gripe é evitar uma internação hospitalar que pode até levar a complicações muito graves e causar a morte. Além disso, é um ato individual para a proteção e proteção dos outros, pois evitaremos o contágio.

 

O Governo lança uma campanha todos os anos para permitir que as pessoas afectadas venham aos centros de saúde tanto para serem vacinadas como para se informarem, mas as farmácias são também um ponto-chave para instruir sobre o vírus.

 

Em seus expositores e panéis você pode encontrar os produtos que irão ajudá-lo a lidar com a gripe. No entanto, é extremamente importante que antes de comprá-los você perguntar ao seu farmacêutico.

Partilhar este artigo
Ao usar este website, está a aceitar a utilização de cookies para análise, conteúdo personalizado e apresentação de anúncios.